Monthly Archives: novembro 2018

Quais as diferenças entre gordura localizada e celulite e como tratar

Está com problemas para expor o seu corpo. Sua autoestima está ameaçada pela gordura localizada ou celulite? Sabe o que são esses problemas e como tratar? Então não deixe de ler o que separamos para você.

Os problemas estéticos são muito marcantes, principalmente entre as mulheres. Vergonha e timidez, são apenas algumas consequências das manchas na beleza. Aqui você vai conhecer sobre as diferenças entre gordura localizada e celulite, além de conhecer os tratamentos específicos de cada. Continue a ler esse artigo para saber mais sobre esses incômodos.

Gordura localizada

A gordura localizada, nada mais é que um acúmulo de tecido adiposo em regiões específicas do corpo, que pode surgir em qualquer pessoa, tanto nas magras quanto em quem tem excesso de peso.

Ela pode ser categorizada, basicamente, entre as que têm relação com desenvolvimento hormonal e aquelas ligadas aos maus hábitos alimentares e sedentarismo. A depender do tipo de adiposidade existente, tratamentos distintos devem ser avaliados.

Por exemplo: se o seu problema é reflexo das suas escolhas na vida, uma boa dieta equilibrada e atividade física, podem ser suficientes. Caso seja de disposição primária e relativa aos hormônios, uma intervenção estética é mais apropriada. Veja abaixo as técnicas mais utilizadas para gordura localizada:

  • Intralipoterapia

Um componente ácido e gelatinoso é introduzido no corpo. Este material busca destruir as adiposidades e livrar regiões como abdômen, quadris e braços, da gordura localizada.

  • Ultracavitação

Este método conta com o uso de um aparelho de ultrassom de baixa frequência a ser utilizado na região afetada, o que faz as células causadoras do problema, eliminarem a gordura.

  • Lipoescultura

Esta técnica que possibilita a pessoa esculpir o próprio corpo. Esse método, frequentemente, é utilizado para o tratamento da gordura localizada.

Celulite

Esse problema que afeta a aparência da pele também é conhecido como “casca de laranja”. Trata-se de uma imperfeição que surge na cútis normalmente como consequência de má circulação, acúmulo de gordura, retenção de água e Toxinas. É possível classificar as celulites da seguinte maneira:

  • Celulite fibrosa atinge qualquer pessoa, independente do peso, além de ser dura e causar dor.
  • Celulite edematosa: comumente surgem nas pernas e em mulheres jovens.
  • Celulite adiposa: afeta, principalmente, mulheres com mais de 40 anos. Tem aspecto macio e as principais causas são o sedentarismo e as alternâncias repentinas de peso.
  • Celulite mista: trata-se do mais difícil de eliminar por ser uma combinação dos diferentes tipos citados anteriormente.

Para tratar a celulite, você pode optar entre os seguintes métodos:

  • Mesoterapia

Consiste em algumas injeções de uma substância específica aplicadas na derme.

  • Cremes Anti Celulite

Existem diversos cremes bons a venda, mas Atualmente o Celumax é melhor que qualquer outro, pode comprar que os resultados dele são comprovados

  • Radiofrequência

Método que usa os níveis de temperatura para ter acesso às células de e quebrá-las.

  • Hidrolipoclasia

São usadas no tecido adiposo a infiltração e em seguida a cavitação, assim, busca-se a eliminação da gordura por meio de ondas ultrassônicas.

Gordura localizada e celulite: dicas em comum

Independente do seu problema ser gordura localizada ou celulite, nunca deixe de fora dos seus hábitos uma dieta balanceada e atividade física regular, pois, são pontos imprescindíveis para evitar o surgimento desses transtornos.

Veja mais informações no vídeo abaixo: